Olhar dentro

Livro ensina os pais como falar sobre gestão do dinheiro com seus filhos.

Se você já se perguntou se “dinheiro é assunto para criança”, a resposta é: – Sim! No novo livro de Carlos Eduardo Freitas Costa, um dos autores do sucesso “Meu Dinheirinho”, especialmente escrito para as crianças. Agora é a vez dos seus pais entenderem a importância de lidar com a educação financeira de seus filhos.

Assim como outros temas que geram preocupação, como escola, iniciação sexual e até consumo de drogas, muitos pais não sabem como abordar o tema “dinheiro” com seus filhos e acreditam que com o tempo eles aprenderão a administrar as suas próprias finanças. Esse novo livro vai ajudar os pais a falarem com naturalidade com seus filhos sobre a importância do dinheiro em suas vidas, hoje e no futuro.

 Não é bem assim, as crianças precisam dos ensinamentos de seus pais nessa área tanto quando em outras como a formação de caráter. Além disso, crianças que aprendem o valor do dinheiro se tornarão adultos mais preparados. “A educação financeira de nossas crianças ficou em segundo plano. Isso é preocupante, uma vez que os pequenos têm iniciado o contato com o mundo monetário cada vez mais cedo, além de serem decisivos para a saúde financeira familiar”, afirma Carlos Eduardo.

Carlos Eduardo Freitas Costa é economista, especialista em finanças empresariais e mestre em administração.  Além de “Meu Dinheirinho”, escreveu diversos livros infantis e adultos sobre educação financeira, como o “No trabalho do papai”, “No supermercado”, “O cofrinho”, “Uma boa ação”, “A mesada”, “No shopping center”, “A poupança”,  “Uma campanha de doação”, “Meu Dinheiro” e “Meu Dinheiro 2”.

Em “SIM! Dinheiro é assunto para crianças!”, Carlos Eduardo fala como o processo de educação financeira vem se tornando mais complexo a cada dia pois os pequenos têm iniciado o contato com esse mundo cada vez mais jovens e, além disso, eles são muito importantes na vida financeira familiar. Ele explica que os filhos hoje participam de uma forma direta das nossas finanças. Afinal, estão a todo momento demandando algo. Um brinquedo novo, um lanche no shopping, um filme no cinema.

“Podemos aproveitar todos esses pedidos para começar a trabalhar as questões do relacionamento deles com o dinheiro. Isso vai ajudar a formar um consumidor mais consciente, gerando impacto positivo na rotina financeira da família”, diz o autor.

Peso 200 g
Dimensões 21 × 14 × 2 cm
Ano de Publicação

2019

Autor(es)

Dimensões/Formato

ISBN

9788594551702

N° de Páginas

120

Autor

Carlos Eduardo Freitas Costa